Internacionalização de Carreira

April 5, 2018

 

Quando se iniciou  a visão de internacionalizar a carreira, prevendo algo de muita importância para as pessoas e empresas, mexeu com muita gente, pois a princípio parecia uma coisa muito longínqua para a realidade do momento. Mas aí houve uma preocupação com a palavra mudança, que vem acompanhando os profissionais nos mais diversos ramos de atividade, devido a um novo comportamento que tem se manifestado no sentido de alterações rápidas, na vida do ser humano. Diversas são as formas de mudança que estão sendo ditas, quer sejam para acompanhar o mercado, competir, ou simplesmente para atualizar e melhor dirigir os negócios. Portanto, nada se faz de melhor se não houver uma atitude recíproca, isto é, que implica na troca ou permuta entre pessoas, grupos ou organizações. Inicialmente, podemos dizer que a palavra “mudar” carrega consigo um estigma de resistência, sendo inicialmente ridicularizada em qualquer situação. Depois, passa a ser recusada, sendo finalmente seguida pela maioria como auto- evidência. Num ambiente global, onde a pirâmide tradicional das estruturas das empresas foi invadida pela tecnologia, pela competição e pelo enxugamento dessa estrutura, também foi invadida e rachada com as megafusões. Claro que isso tudo, colabora com uma opção de escolha pelos melhores colaboradores. Terá mais chance no mercado, aquele que reúne maiores condições de experiência, que está atualizado, que investe em cursos e atividades que aumentam sua cultura e conhecimento, que tem criatividade, e visão global do mercado. É aquele que passou ou está passando pelos 5 E’s, ou seja: Estagiário, Empregado, Executivo, Empresário e finalmente Empreendedor. É sem dúvida o processo criativo em ação. Por ser comum a todas as pessoas, o que difere de uma para outra, é justamente a maneira de como ele é trabalhado. Como começar? Pode-se dizer que o grande capital a ser investido não é o dinheiro, mas o conhecimento, informações, relacionamentos para que se tenha um produto vendável no mercado nacional e internacional. Aquele que se preocupa com sua carreira, que almeja o sucesso e realizações significativas no mercado de trabalho, não para. Está sempre estudando, porque sabe, que a atualização constante dos conhecimentos, através de uma Pós-Graduação ou participação em seminários internacionais, propicia um diferencial no curriculum e gera oportunidades de ascensão profissional. Nesse sentido, os cursos de pós-graduação que vem revolucionando o mercado, oferecem conteúdos que atendam eficazmente a demanda das organizações e de seus interessados, inclusive com a inserção de módulos internacionais, onde o aluno tem a oportunidade de internacionalizar sua carreira. O início dos contatos com o mercado externo, pode ser feito através de um Seminário Internacional, onde além do interessado participar de palestras sobre diversos temas atuais, inovando e reciclando informações, poderá visitar empresas multinacionais e com a oportunidade da realização de “networking”. O surgimento de novas tecnologias, a velocidade das redes sociais, o crescente desenvolvimento da sociedade, o trânsito mais acelerado dos produtos, serviços, moedas, pessoas, ideias e conceitos vêm tornando os países mais dependentes entre si, oferecendo às empresas inúmeras possibilidades de acesso a novos mercados. Dessa forma, as empresas começaram a notar que a participação delas no mercado externo, seria uma estratégia permanente para a sobrevivência de muitos mercados. Por que internacionalizar sua carreira, iniciando pelos Estados Unidos? É justificado porque desmistifica a crença de que abrir uma empresa nesse país é muito difícil; é o maior mercado consumidor do mundo; possui uma extensa população com poder de compra e apurados hábitos de consumo; possui oportunidades para a empresa de todos os segmentos; tem a presença de empresas de todas as partes do mundo, favorece a potencialização da imagem para as empresas que já estão no mercado e é um cartão de visita para entrada em qualquer nível de comércio internacional. Cursar uma Pós-Graduação com Módulo Internacional, ou mesmo, participar de um seminário internacional, é realmente investir no futuro, é verificar a possibilidade de internacionalizar sua carreira, a de sua empresa e negócios e consequentemente fazer a diferença num mundo globalizado e tão competitivo como vivemos atualmente.

Maria de Fátima Abud Olivieri – Pós Doctor e Doctor em Administração pela Florida Christian University– FCU -USA . Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie; Pós-Graduação em Estratégias de Marketing para o Turismo – Escola de Comunicação e Artes - ECA da Universidade de São Paulo- USP. Autora e co - autor

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Homenagem aos colaboradores da Competency

October 15, 2017

1/4
Please reload

Posts Recentes